Gaia participou no 5º evento LOCARBO em Budapeste

Budapeste acolheu mais um evento do projecto Interreg LOCARBO, nos dias 6 e 7 de Março, organizado pela Agência Húngara de Inovação e Eficiência. A Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e a Gaiurb marcaram mais uma vez presença, fazendo-se acompanhar por um representante da CCDR-Norte - Autoridade de Gestão do Programa Operacional Regional, Norte 2020, que se associou ao projeto, como stakeholder.

O primeiro dia do evento arrancou com uma sessão pública de apresentação do LOCARBO Local Living Lab e a cerimónia de entrega dos prémios do programa nacional Virtual Power Plant, que distinguiu um significativo número de municípios, empresas, escolas e estudantes, pelas suas boas práticas/ações no campo da eficiência energética.

Posteriormente, realizou-se um conjunto de sessões internas à parceria e aos seus stakeholders, que incluíram a apresentação e discussão do Inventário de Boas Práticas e dos desenvolvimentos dos Planos de Ação municipais/regionais, e um Café das Autoridades de Gestão que gerou uma interessante dinâmica de discussão, sobre as expectativas de como os Planos de Ação municipais/regionais promoverão a melhoria dos instrumentos políticos direcionados para a eficiência energética.

No segundo e último dia, a parceria realizou um conjunto de visitas de estudo a projetos locais demonstrativos e concluiu a agenda do evento com uma reunião de gestão e coordenação do projeto, onde foram aferidas todas as questões técnicas, financeiras e de comunicação do mesmo, sendo que a autarquia de Gaia assume a coordenação desta última componente.

O projeto LOCARBO visa melhorar instrumentos de política de "baixo carbono" mediante o incentivo à utilização de energias renováveis e o aumento da eficiência energética em edifícios através de formas inovadoras de apoio à mudança comportamental dos consumidores. Este projeto permitirá disseminar, junto dos utilizadores dos edifícios, um conjunto de boas práticas que terá repercussão no aumento da eficiência energética no edificado do município, desenvolvendo instrumentos de apoio à tomada de decisão capazes de potenciar uma utilização mais eficiente da energia.



Mais noticias:
clique aqui